Gestão feminina leva empresa centenária a ser três vezes premiada pela ABIC

Liana Baggio Ometto explora novas oportunidades de negócios e Baggio Café recebe prêmio de Consistência e Qualidade

Exemplo de dedicação e paixão pelo trabalho. Talvez essa seja a melhor maneira para descrever a paulista nascida em Araras, interior de São Paulo, Liana Baggio Ometto. A fundadora da Baggio Café é bisneta de Salvatore Baggio, primeiro imigrante italiano da família Baggio a chegar ao Brasil e iniciar o cultivo dos grãos em 1886. A empreendedora, que nasceu e cresceu nas fazendas de café, se apaixonou pelo negócio da família e tudo o que aprendeu com os antepassados serviu de base para que ela desse um novo rumo aos negócios. Em 2006, Liana fundou a Baggio Café e deu início à torrefação dos grãos que até então eram vendidos apenas em estado verde. Há dez anos, a Baggio pode ser considerada um exemplo vivo de que empresas com gestão feminina tem potencial para ir mais longe.

Um estudo realizado pelo Pertenson Institute for International Economics e divulgado no início de fevereiro aponta que ter mulheres em altos cargos executivos pode estar diretamente relacionado a uma maior rentabilidade das empresas. Segundo os resultados da pesquisa, que utilizou como base 22 mil companhias em 91 países, as empresas que aumentaram a presença de mulheres em até 30% em cargos de alta liderança tiveram em média um crescimento de 15% em sua rentabilidade financeira.

Coincidência ou não, desde que a bisneta assumiu a diretoria comercial e apostou em novas frentes, a Baggio Café só vem crescendo – em tamanho e qualidade. Em 2015, a empresa recebeu da ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café – o prêmio de consistência e qualidade, que reconhece a excelência e a manutenção do sabor e da qualidade dos produtos da empresa por vários anos consecutivos. “Sabemos que as variações climáticas interferem muito na qualidade dos grãos. Fomos reconhecidos por, apesar desses fatores adversos e incontroláveis, conseguirmos manter nossos produtos sempre no mesmo nível de excelência”, comemora Liana.

Nesse mesmo ano, a empresa também recebeu da associação o prêmio “Melhores da Qualidade” para o Baggio Gourmet Sachê. Essa é a terceira vez que os cafés da Baggio são premiados pela ABIC na categoria de cafés gourmet. A primeira premiação aconteceu em 2012 para o produto Baggio Gourmet. Em 2014, o prêmio foi para dois produtos: o Baggio Gourmet e o Baggio Bourbon.

Como se não bastasse ser reconhecida como uma excelente produtora de cafés torrados, a Baggio foi eleita em 2014, pela Revista Exame, como uma das 50 empresas mais inovadoras do Brasil. Obviamente, o reconhecimento se deve às inúmeras e constantes inovações da empresa. Em 2013, a empresa lançou um café aromatizado de cachaça, o Happy Hour, que rodou o Brasil e o mundo num projeto intitulado “Seleção Brasileira de Alimentos”, que aproveitou a Copa do Mundo para levar o melhor do país para o exterior. Mais recentemente, a companhia lançou o café em cápsulas, seguindo a tendência do mercado.

Sobre a Diretora Comercial – Formada em Letras e como Tradutora e Intérprete pela Faculdade Ibero Americana e especialista em Marketing e Planejamento Estratégico pela Faculdade Getúlio Vargas, Liana faz pelo menos uma viagem ao exterior por ano, onde busca as novidades e tendências do mercado cafeeiro.

Com a bagagem que traz do exterior, a empresária resolveu incrementar o portfólio da Baggio Café com uma linha de produtos aromatizados. “Os cafés aromatizados são sucesso em muitos países. Resolvi trazer a idéia para o Brasil também”. Os produtos são desenvolvidos com grãos especiais somados a aromas de alta qualidade.

Além disso, a empresa segue firme nas exportações. A marca já esteve presente em países como Estados Unidos, Chile, Japão, China, Reino Unido. E atualmente tem produtos na Rússia e Uruguai. “Queremos fortalecer a fama do café brasileiro em todos os continentes, já estamos trabalhando para enviar uma nova remessa para os Estados Unidos.”, anseia

Casada e mãe de dois filhos, Liana se equilibra entre todas as atividades diárias para não deixar que nada fique de lado. Mesmo morando no interior de São Paulo, onde fica a Baggio Café, ela frequentemente vai para a capital fica de dois a três dias visitando clientes, pesquisando e buscando se atualizar sobre novas estratégias de mercado. “Precisamos estar em constante movimento para sempre trazer o que há de melhor”.

A rotina é apertada, mas Liana ainda encontra na agenda tempo para se dedicar à saúde. Acompanhada por umpersonal training, ela pratica corrida, musculação e aulas de aeróbica  e yoga  pelo menos três vezes por semana. A dieta é para lá de equilibrada: muita verdura, frutas e legumes. “Precisamos cuidar do corpo para manter a mente saudável. Esses hábitos me dão a energia que necessito para encarar o trabalho, além é claro, de uma boa xícara de café”, brinca.  Outra paixão e hábito saudável da empresária é degustar uma taça de vinho todos os dias. “O vinho se assemelha muito ao café, ele da energia e estimula os sentidos. Aprender a degustar as duas bebidas é um desafio saboroso”, concluí Liana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s