Sem medo de trabalho pesado, mulheres desenvolvem atividades tidas como masculinas em fábrica da Anjos e obtêm desempenho excelente

 Com três fábricas instaladas no Paraná, em São Paulo e na Paraíba, a Anjos dá oportunidade de crescimento e carreira também às mulheres, contando com a dedicação e o cuidado delas no desenvolvimento de seus produtos

Luciana Dresch chega ao trabalho antes das 6 horas da manhã. Coloca o uniforme e quando assume a destopadeira, máquina que corta a madeira que forma peças de sofás e poltronas, realiza o trabalho com tanta dedicação que nem vê o tempo passar. Para que a madeira tome forma, porém, ela precisa chegar à máquina. E Luciana levanta fardos de 15, 20 quilos sem qualquer ajuda. “Os ‘fardinhos’ têm tábuas de dois metros de comprimento por dez centímetros de largura e vêm com umas dez tábuas. São pesados no começo, mas nós nos acostumamos”, garante.
O trabalho de Luciana é pesado. “Dizem que é trabalho de homem, mas aqui tem muita mulher fazendo a mesma atividade e outras tão ou mais pesadas. Fazemos tudo com dedicação e muito bem feito, nós temos atenção e dificilmente erramos, é por isso que as fábricas preferem contratar mulheres”, acredita ela.
É verdade. Na Anjos, que há 25 anos fabrica colchões e estofados em três fábricas, localizadas em Capitão Leônidas Marques (PR), São Roque (SP) e João Pessoa (PB), grande parte do quadro de funcionários é composta por mulheres. “Temos uma experiência muito positiva com as profissionais, que não faltam e nem se ausentam durante o expediente, aprendem rápido, são dedicadas e têm vontade de crescer. Damos a elas a oportunidade de exercer outras posições sempre que possível e elas aproveitam cada capacitação, treinamento e promoção oferecidas”, comenta Claudinei dos Anjos, presidente do grupo Anjos.
Luciana é um bom exemplo dessa dedicação. Ela aprendeu todo o trabalho na própria Anjos, por meio de treinamentos, e garante que está de olho em outras oportunidades dentro da própria fábrica, já que deseja ser promovida.
A Anjos emprega mulheres em toda a linha de produção e também nas lojas próprias e franqueadas e na administração geral da empresa. Do total de 201 funcionários da empresa, 103 são mulheres. “Não há distinção de cargos e salários em nossa rede, quem ocupa o mesmo cargo tem salário compatível e os mesmos benefícios”, finaliza o presidente.
A empresa disponibiliza outras profissionais para serem entrevistadas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s