Banco Cidadão inicia curso de gestão básica de micronegócios a partir desta quinta

O Banco Cidadão inicia, nesta quinta-feira (11), a primeira turma do curso de gestão básica de micronegócios do ano. A capacitação é a etapa inicial do processo de liberação do microcrédito social, que pode chegar ao valor de R$ 8.800 por empreendedor. No ano passado, o Banco Cidadão contribuiu para a abertura ou ampliação de 2.683 micronegócios, com o investimento de R$ 11.800.270.

Para o secretário do Trabalho, Produção e Renda, Diego Tavares, a capacitação é o diferencial do Banco Cidadão. “Ao participar do curso, o empreendedor é orientado sobre como gerir seu pequeno negócio. Sabendo o que fazer, ele terá mais chances de sucesso e de obter lucro na sua atividade”, comentou ele.

Segundo a facilitadora do curso, Flávia Roffé, a capacitação aborda as principais questões no gerenciamento de um negócio, incluindo planejamento de ações, atendimento ao cliente, lucro, custos e marketing. Para o outro capacitador, Ícaro Almeida, um dos pontos-chave é a educação financeira. “É preciso saber no quê e o quanto investir, e saber separar o orçamento doméstico do orçamento da empresa”.

Proprietário de um restaurante de comida japonesa no bairro do Cristo, Gilvomar da Costa afirma que aprendeu bastante na capacitação oferecida pelo Banco Cidadão. “Eu só tive a oportunidade de conhecer sobre a área de gestão por meio do Banco Cidadão, e isto me ajudou muito. Antes eu era funcionário, trabalhei sete anos em restaurantes, mas ser patrão é diferente”.

Depois da capacitação, o empreendedor faz um plano de negócios, detalhando como vai investir os recursos que pretende obter. A liberação do crédito vai ocorrer conforme a viabilidade do negócio e a capacidade de pagamento do proponente.

Como participar – As inscrições no Banco Cidadão são feitas na Secretaria do Trabalho, Produção e Renda, que fica localizada na Rua Cardoso Vieira, 85, Varadouro, das 8h às 14h, de segunda à sexta-feira. O proponente deve apresentar original e cópia de RG, CPF e comprovante de residência atual.

Para obter o empréstimo, o empreendedor deve ter idade a partir de 18 anos e morar em João Pessoa há, no mínimo, seis meses. Não é preciso estar formalizado. Pessoas com nome nos cadastros de proteção ao crédito e servidores da Prefeitura não podem ser contemplados. A taxa de juros é de 0,9% ao mês e o empréstimo pode ser quitado em até 24 meses.

Texto: Thadeu Rodrigues/SECOM-JP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s