Dia da Micro e Pequena Empresa é comemorado em toda a Paraíba

Movimento Compre do Pequeno Negócio realiza diversas atividades em 5 de outubro, do Litoral ao Sertão paraibano
Responsáveis por empregar quase 57% da mão de obra paraibana, gerar 30% do Produto Interno Bruto (PIB) e representar 99% das empresas, os pequenos negócios contribuem de forma significativa para o desenvolvimento da economia da Paraíba. Na próxima segunda-feira (5) é comemorado nacionalmente o Dia da Micro e Pequena Empresa, com diversas atividades e será o ápice do Movimento Compre do Pequeno Negócio.

Na Paraíba, haverá atividades do Litoral ao Sertão, com a realização de feiras de negócios, promoções no comércio, apresentações culturais, mobilizações junto com entidades empresariais e uma sessão especial na Câmara Municipal de João Pessoa.
O Movimento Compre do Pequeno Negócio foi lançado em todo o país e ganhou adesão de diversas entidades, empresas e parceiros em todos os Estados brasileiros. A campanha vem mostrando à sociedade a importância dos empreendimentos de pequeno porte para a recuperação da economia e estimulando a compra nas micro e pequenas empresas, para que o dinheiro circule no próprio bairro, cidade e estado, aquecendo a economia local.
Na Paraíba, mais de 3 mil empresas já aderiram espontaneamente ao movimento e cerca de 4 mil empresários foram atendidos e capacitados pelo Sebrae no mês de setembro durante as ações da campanha. Através do site www.compredopequeno.com.br as empresas, os consumidores e as instituições apoiadoras fazem a adesão gratuitamente e podem consultar e serem consultados por região.
“Essa grande mobilização e o debate sobre a importância dos pequenos negócios são fundamentais para que essas empresas tenham vida longa, prosperem e gerem riquezas para cada localidade. O movimento é uma iniciativa inédita e vai acontecer nos anos seguintes. O dia 5 de outubro deve ser naturalmente incorporado ao calendário do varejo e vamos intensificar nossas atividades neste período que antecede a data”, disse o diretor técnico do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim.
Sessão especial em João Pessoa
Em João Pessoa, às 16h da segunda-feira (5), haverá uma sessão solene na Câmara Municipal, na qual será anunciada a instauração da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa (MPE) e a criação do Fórum Municipal da MPE. O presidente da Casa, Durval Ferreira, também irá registrar neste dia o voto de aplauso ao Movimento Compre do Pequeno Negócio.
Ainda na Capital, durante todo o dia 5 (10h às 21h), no estacionamento do Shopping Sebrae (Bairro do Estados), acontecerá a Feira de Orgânicos, a Feira de Food Trucks e Food Bikes e a apresentação da peça teatral “As aventuras do dinheiro voador”, às 18h30, com o grupo “Quem tem Boca é pra Gritar”. Neste dia, os lojistas do Shopping Sebrae também irão oferecer descontos e sorteios para seus clientes. O Shopping Sul, no bairro dos Bancários, também aderiu à campanha e, no dia 5, terá descontos especiais para seus clientes.
Antecipando as comemorações do dia 5, será realizada em João Pessoa, no sábado (3) o Passeio Ciclístico e a Caminhada Compre do Pequeno. Os dois eventos terão concentração no Busto de Tamandaré, em Tambaú, a partir das 6h30 e saída as 7h. À tarde, na praça Dom Adauto, no Centro, o evento “Viva a praça Viva” traz uma série de atividades culturais e exposições de produtos e serviços, a partir das 16h.
Atividades no interior
Além das duas agências em João Pessoa (Bairro dos Estados e Mangabeira), o Sebrae Paraíba oferece atendimento empresarial em agências localizadas em mais 9 cidades (Campina Grande, Araruna, Guarabira, Monteiro, Sousa, Patos, Cajazeiras, Pombal e Itaporanga). Em todos esses municípios e cidades vizinhas foram realizadas, durante os meses de agosto e setembro, diversas capacitações, palestras, eventos e mobilizações do Movimento Compre do Pequeno Negócio. Neste dia 5, também acontecerão mais ações.
Nas cidades de Alagoa Grande, Cajazeiras, Itaporanga, Patos, Santa Luzia e Princesa Isabel, em parceria com as Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) haverá o Dia do Descontão, durante toda a segunda-feira (5). Em Monteiro, terá carreata e passeata pelas principais ruas da cidade, com a adesão de empresários e entidades parceiras. Já as cidades de Araruna, Cuité, Nova Floresta, Damião, Casserengue, Cubati e Picuí farão mobilização junto aos empresários para adesão à campanha.
Nas cidades de Pombal e São Bento também será feita mobilização junto aos empresários para adesão ao Movimento. Em São Bento, durante a tradicional “Feira da Pedra”, no dia 5, os feirantes e clientes que participam do evento serão chamados a participar da campanha nacional. As ações continuam durante o mês de outubro, com o Seminário de Compras Governamentais em Pombal e o Inova Sertão, em Sousa.
Em Itaporanga, o destaque será a palestra “Quer vender mais? Então o foco não pode ser a crise”, que será realizada às 19h da segunda-feira (5). Em Cajazeiras e São João do Rio do Peixe haverá palestras e mobilização junto aos empresários. Em Cajazeiras ainda, também no dia 5, acontece o Seminário de Compras Governamentais, que informa aos pequenos empresários, gestores públicos e agricultores familiares como comprar e vender ao poder público.
A força dos pequenos negócios
Para Luiz Alberto Amorim, um ambiente legal favorável, a capacitação e o acesso à informação são elementos importantes para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas. “O Sebrae fomenta o desenvolvimento e acredita que o empresário pode enxergar oportunidades para crescer, desde que se capacite e busque orientação adequada para encarar o mercado com maior competitividade”, informa o diretor.
“O Brasil, assim como nosso Estado, é feito de pequenos empreendimentos. Apesar do atual momento econômico, é preciso sairmos do pessimismo e vermos que, com planejamento, é possível superar os desafios e crescer”, completou Luiz Alberto. Ele acrescentou que as empresas paraibanas ocupam a segunda colocação no ranking de sobrevivência de empresas no país, com um índice de 81%. Ou seja, após os dois primeiros anos das empresas abertas na Paraíba, de cada 10, mais de 8 continuam no mercado.
Os pequenos negócios são aqueles que faturam até R$3,6 milhões por ano. São divididos em três categorias empresariais, de acordo com sua faixa de faturamento: microempreendedor individual (MEI), micro empresa e pequena empresa, além dos produtores rurais. A figura jurídica do MEI foi criada após a Lei Geral da MPE e vem tirando diversos trabalhadores autônomos da informalidade, criando condições especiais para que ele tenha um CNPJ. Com baixa carga tributária e todos os benefícios do INSS, ao se formalizar o MEI deve faturar até R$60 mil por ano e só pode ter um funcionário. Na Paraíba, já há mais de 72 mil MEI registrados.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s