Região Nordeste tem o maior percentual de empreendedores do país

Nova pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) mostra que ter o próprio negócio é o sonho de mais de 27% dos nordestinos

Dentre as cinco regiões brasileiras, o Nordeste é a mais empreendedora do país. A taxa total de empreendedores (inicias e estabelecidos), entre a população de 18 a 64 anos, na região, no ano de 2014, foi de 36,4%, índice superior à média brasileira (34,5%). Ou seja, mais de um terço da população nordestina desta faixa etária possui uma empresa ou está envolvida com a criação de um negócio próprio. Além disso, ter o seu próprio negócio é o segundo maior sonho dos nordestinos, perdendo apenas para o desejo de comprar a casa própria.

Esses dados fazem parte da nova pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada no início desta semana, e que apontam que o Brasil atingiu o seu maior índice de empreendedorismo de todos os tempos. A pesquisa mostrou também, que os brasileiros e os nordestinos estão motivados a iniciar um negócio por ser uma boa oportunidade e não pela necessidade.

A pesquisa GEM ainda revelou que a capacidade empreendedora e o clima econômico do Nordeste são fatores favoráveis para se abrir uma empresa na região. “A alta taxa de empreendedorismo no Brasil e no Nordeste mostra que as pessoas veem na criação do próprio negócio uma oportunidade de mudar de vida. Nunca houve tantas possibilidades de acesso à informação sobre empreendedorismo e estímulo à capacitação”, destacou o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar. Em 2014, o Sebrae Paraíba realizou mais de 24 mil atendimentos a pequenos negócios.

Ele aponta também como fatores favoráveis ao empreendedorismo, a criação do Simples Nacional e da categoria empresarial Microempreendedor Individual (MEI). “Tivemos um incremento no número de formalizações de negócios, nos últimos anos, com melhorias no ambiente legal”, completou Walter. Na Paraíba, por exemplo, o número de MEI já ultrapassou os 67 mil e representa mais da metade da quantidade de pequenos negócios no Estado.

A taxa de empreendedorismo do país passou de 23%, em 2004, para 34,5%, em 2014. Nesta última pesquisa, a região Nordeste ocupa o primeiro lugar do ranking, com uma taxa de 36,4%, seguida das regiões Sul (35,1%), Sudeste (33,6%), Centro-oeste (33%) e Norte (32,6%).

Nordeste: mais de 12 milhões de empreendedores

Considerando os dados mais recentes da população de 18 a 64 anos da região Nordeste, cerca de 34,9 milhões de pessoas, estima-se que o número de empreendedores da região é de 12,6 milhões, divididos da seguinte maneira: 1,2 milhões de empreendedores nascentes; 4,6 milhões de empreendedores novos; e 7,1 milhões de empreendedores estabelecidos.

Quanto ao gênero, as mulheres nordestinas são mais ativas que os homens, em termos de atividade empreendedora inicial. No entanto, os homens são mais ativos do que as mulheres no que se refere ao empreendedorismo estabelecido. Na região, a taxa específica de empreendedorismo inicial do gênero feminino (17,6%) é praticamente idêntica a do Brasil (17,5%).

Na região Nordeste, os empreendedores na faixa etária de 45 a 54 anos são os mais ativos, com uma taxa específica (37,2%) bem superior à média nacional (26,8%). Já os indivíduos de 18 a 24 anos são os menos ativos, com uma taxa de empreendedorismo de 3,1%, inferior a do Brasil (4%).

Quanto à escolaridade, os índices do Nordeste acompanham o comportamento do Brasil. Empreendedores com no máximo o segundo grau incompleto são os mais ativos. Já os com o segundo grau completo são os que apresentam menor pró-atividade. Com relação à renda familiar, observa-se maior atividade empreendedora em estágio estabelecido nas faixas de renda entre 3 e 6 salários mínimos e de mais de 9 salários mínimos. No que se refere à primeira dessas faixas de renda, a Região Nordeste apresenta a maior taxa específica de empreendedorismo.

Empreendedorismo por oportunidade

Nessa última edição da pesquisa GEM, ter o seu próprio negócio é o segundo maior sonho dos nordestinos, perdendo apenas para o desejo de comprar a casa própria. Ter o próprio negócio é o desejo de 27,1% da população nordestina pesquisada, enquanto que fazer carreira em uma grande empresa atinge apenas 12,8% dessa população. Comprar a casa própria é o sonho de 42,2% dos nordestinos.

Nacionalmente, ter o seu próprio negócio é o terceiro maior sonho do brasileiro, mas, assim como no Nordeste, esta expectativa é praticamente o dobro dos que desejam fazer carreira em uma empresa. Enquanto que 31% dos brasileiros querem montar um negócio, 16% querem crescer dentro de uma empresa. O maior sonho dos brasileiros é comprar a casa própria (42%) e o segundo é viajar pelo Brasil (32%). A pesquisa ainda revela que a cada 100 brasileiros que começam um negócio próprio no Brasil, 71 são motivados por uma oportunidade de negócios e não pela necessidade.

A pesquisa e os dados nacionais

A pesquisa GEM foi realizada no Brasil pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ). Foram ouvidas 10 mil pessoas nas cinco regiões do país. A pesquisa é parte do projeto GEM, que inclui 100 países que compõe 90% do PIB mundial. Quando comparado com os países que compõe o Brics, o Brasil é a nação com a maior taxa de empreendedorismo, ficando oito pontos percentuais à frente da China, que tem uma taxa de 26,7%.

Já a Índia tem uma taxa de 10,2%, a África do Sul de 9,6% e a Rússia de 8,6%. O número de brasileiros que já têm uma empresa, ou que estão envolvidos na criação de uma, é superior, também, a países como Estados Unidos (20%), Reino Unido (17%), Japão (10,5%), Itália (8,6%) e França (8,1%).

Fonte: Sebrae PB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s